Faj√£ l√°vica das Lajes do Pico


PIC 2 >

A faj√£ l√°vica das Lajes do Pico, onde est√° implantada a vila com o mesmo nome, foi formada por escoadas bas√°lticas emitidas de um pequeno cone de salpicos de lava (spatter cone) localizado nas proximidades do Cabe√ßo do Geraldo, ambos implantados nos flancos SO do vulc√£o em escudo do Topo. As escoadas l√°vicas que galgaram a antiga arriba e deram origem a este delta l√°vico, fizeram aumentar a √°rea da ilha e, simultaneamente, preservaram a antigalinha de costa, sob a forma de uma arriba f√≥ssil. Do miradouro localizado junto √† estrada regional, tem-se uma boa perspetiva do geoss√≠tio, o qual √© marcado, a sul, pela presen√ßa do Castelete, a chamin√© de um antigo cone de esc√≥rias, hoje muito erodido e desgastado pela a√ß√£o do mar. Do lado norte, pr√≥ximo do forte de Santa Catarina, h√° uma outra faj√£ l√°vica, mais antiga e mais pequena. Em ambos os lados da faj√£ principal h√° lagunas costeiras que constituem apraz√≠veis zonas balneares e que, com o porto da vila e as diversas infraestruturas associadas √† balea√ß√£o, constituem ex-l√≠bris deste geoss√≠tio priorit√°rio do Geoparque A√ßores, com relev√Ęncia regional e interesse e uso cient√≠fico, educacional e geotur√≠stico.

38¬ļ 23'41''N 28¬ļ 15'05''W > VER MAPA

Clique aqui
Página Principal | Contactos | Notícias | Sitemap
Governo dos A√ßores Visit Azores Programa Operacional dos A√ßores para a Converg√™ncia (PROCONVERGENCIA)  
Clique aqui