Ponta da Barca e Ilhéu da Baleia


GRA 3 >

A erosão que atua no litoral das ilhas açorianas põe frequentemente a descoberto estruturas geológicas que de outra forma nunca seriam observadas. Na zona da Ponta da Barca, litoral noroeste da ilha Graciosa, o sistema de condutas de alimentação dos vulcões monogenéticos foram postos a descoberto devido a este processo erosivo, sendo possível observar alguns filões e chaminés associados a cones de escórias e de tufos. O Ilhéu da Baleia, com uma forma peculiar que se assemelha a este animal, constitui uma chaminé vulcânica (com disjunção colunar ou prismática) de um cone vulcânico que foi desmantelado pela erosão marinha. No litoral envolvente há outras pequenas chaminés vulcânicas expostas por erosão marinha e está reportada a existência de fumarolas submarinas na pequena baía a leste do Farol da Ponta da Barca. Este farol possui a torre mais alta entre todos os faróis do Arquipélago dos Açores e oferece um ótimo miradouro para o Ilhéu da Baleia e toda a zona costeira envolvente. Este é um geossítio prioritário do Geoparque Açores de relevância nacional e interesse científico, pedagógico e geoturístico.

39º 05'37''N 28º 02'43''W > VER MAPA

Ponta da Barca e Ilhéu da Baleia
Ponta da Barca e Ilhéu da Baleia Ponta da Barca e Ilhéu da Baleia
Clique aqui
Página Principal | Contactos | Notícias | Sitemap
Governo dos Açores Turismo dos Açores Programa Operacional dos Açores para a Convergência (PROCONVERGENCIA)  
Clique aqui