Arquipélago dos Açores

 
   

A Região Autónoma dos Açores possui uma área de 2324 km2.
Contudo, apesar da reduzida dimensão territorial, a sua paisagem apresenta um vasto conjunto de formas, rochas e estruturas ímpares, que derivam, entre outros factores, da natureza dos magmas, do tipo de erupção que as originou, da sua dinâmica e da posterior actuação dos agentes externos da hidrosfera, atmosfera e biosfera.

Arquipélago dos Açores
Mapa dos Açores Arquipélago dos Açores

A expressão desta diversidade traduz-se em grandiosas morfologias e estruturas, como caldeiras, campos lávicos, cordilheiras vulcânicas, lagoas, disjunções prismáticas, etc.

A geodiversidade das ilhas dos Açores, juntamente com outros factores determinantes, como a sua dimensão, dispersão, distanciamento aos continentes europeu e americano e clima, são responsáveis por condições ecológicas distintivas, que traduzem, de forma singular, a estreita relação entre a geodiversidade e a biodiversidade do arquipélago.

Assim, desde o povoamento do arquipélago, no século XV, a sua riqueza natural e paisagística constituem importantes fontes de interesse, que atraem numerosos visitantes e estudiosos ilustres. Nos últimos anos, com a globalização e um maior e melhor acesso a informação sobre o arquipélago, tem-se assistido a uma maior procura turística dos Açores.

Fonte: LIMA, E.A., J.C. NUNES, M.P. COSTA e A. PORTEIRO, 2009. O geoturismo como instrumento de valorização do “Geoparque Açores”. In: C.N. CARVALHO, J. RODRIGUES & A. JACINTO (Ed.) – Geoturismo e Desenvolvimento Local. Câmara Municipal de Idanha-a-Nova / Geoparque NaturTejo, Lda., p. 149-160.

Clique aqui
Página Principal | Contactos | Notícias | Sitemap
Governo dos Açores Turismo dos Açores Programa Operacional dos Açores para a Convergência (PROCONVERGENCIA)  
Clique aqui