Caldeira de Guilherme Moniz


TER 3 >

A Caldeira de Guilherme Moniz está implantada na parte central da ilha Terceira e corresponde a uma depressão vulcânica alongada segundo NO-SE, com diâmetro máximo e mínimo de 4,3 e 2,3 km. Formada há cerca de 23.000 anos, apenas o bordo sul da caldeira está atualmente preservado, correspondendo à Serra do Morião, com escarpas declivosas e altura da ordem de 170 m e onde se podem observar domos e coulées deste vulcão poligenético.O fundo desta caldeira foi ocupado por diversas escoadas lávicas basálticas, com especial destaque para aquelas emitidas há cerca de 2.000 anos do sistema vulcânico do Algar do Carvão e que transbordaram do lado leste da caldeira. Dada a fluidez destas lavas (do tipo pahoehoe) desenvolveram-se várias grutas lávicas no seu seio, como a Furna d’Água ou a Furna do Cabrito. Na superfície lisa destas escoadas é possível observar diversas “rilheiras” (sob a forma de sulcos, alguns com mais de 30 cm), causadas pelos rodados dos carros de bois no antigo caminho da “Passagem das Bestas”. Este é um geossítio do Geoparque Açores com relevância regional e interesse científico, educacional e geoturístico.

38º 42'31''N 27º 12'42''W > VER MAPA

Caldeira de Guilherme Moniz
Caldeira de Guilherme Moniz
Clique aqui
Página Principal | Contactos | Notícias | Sitemap
Governo dos Açores Visit Azores Programa Operacional dos Açores para a Convergência (PROCONVERGENCIA)  
Clique aqui